Preencha o formulário com a máxima informação possível, para o(a) podermos ajudar.


    Selecione Serviço:


    Loja Mister PC Preferencial:

    * Campos preenchimento obrigatório.
    * Ao Clicar no Botão Enviar, declara concordar com os Termos de Privacidade.
    Consultar em Politica de Privacidade

    AJUDA? CONTACTE-NOS. Diagnósticos gratuitos!

    Estradas sem rede de telemóvel

    Na sequência da apresentação de um estudo do Automóvel Clube de Portugal sobre a condução dos portugueses, o secretário de Estado da Protecção Civil, José Artur Neves, afirmou que o telemóvel é uma das principais causas de acidente, recordando que os denominados “kits mãos livres”, apesar de libertarem as mãos, não são suficientes para eliminar as distrações causadas pelos telemóveis.

    Assim, a solução para este problema pode passar por reduzir ou mesmo bloquear o sinal das redes móveis. O secretário de Estado admite que a hipótese está em cima da mesa para combater a sinistralidade rodoviária.

    O Governo admite estar a estudar com as operadoras o uso de sistemas que diminuam ou inibam o sinal emitido pelas redes móveis junto das estradas. Caso esta opção seja adoptada, as chamadas para pessoas que se encontram a conduzir geram respostas automáticas que informam da impossibilidade do condutor para atender o telefonema.

    Para além desta solução, o governo pondera também seguir os exemplos de Espanha e França e avançar com o uso de drones e helicópteros que ajudam a controlar a velocidade nas estradas. Outra medida será o alargamento da rede de radares de controlo de velocidade e a georreferenciação dos locais mais problemáticos em termos de sinistralidade, entre outras medidas relacionadas com o controlo de velocidade.